Credo da inquietude

Se por acaso eu chegasse um dia à Terra Prometida, que faria depois?

Se eu lesse, relesse, treslesse todos os livros, leria o quê?

Se eu erguesse minha casa e dissesse: – Satisfaz! – com que haveria de me distrair?

Se fosse suficiente erguer o braço para obter o que preciso, como passaria o tempo?

Se me sentisse irmão de meus iguais e desiguais, onde acharia meu inimigo?

Se o que eu buscasse estivesse onde estou, procuraria o quê?

Se o meu mundo ficasse pronto, que haveria para modificar e melhorar?

Perdoe-me Deus, mas se todos esses ses acontecessem, eu ficaria cansado, cansadíssimo de não ter que inventar mais nada.

E talvez desistisse de viver.

Réplica de Deus

Contumaz criatura. Por todos os meios tentei salvá-la de suas próprias artimanhas. Dei-lhe um olhar luminoso e a faculdade de perceber-se e perceber o mundo. Concedi-lhe o livre arbítrio de escolher entre ser espelho de Meu opus perfeito ou motor de si mesma, na construção de uma obra que exclui o resto e só leva ao desastre. Ela preferiu sua própria Torre de Babel. Compraz-se em seus escuros labirintos e imita-Me na criação de mundos paralelos. Reincide. Várias vezes submergiu em cataclismas auto-infringidos. E sempre recomeçou arrogante e dominadora. O resultado é o que aí está: desequilíbrios mortais, desarmonias sem remédio, gritos plangentes e queixas lancinantes que surgem de todos os quadrantes do orbe. E agora, também dos espaços siderais.

A cada vez, quando ela tenta consertar-se já é tarde demais.

O fim se conduz a si mesmo. Não interfiro. Mas até quando?

Meus acessores sugerem uma reversão à pura condição de animal sem consciência, com uma bússola instalada no coração em vez do livre-arbítrio no cérebro. Mas eu teria de inventar um novo espelho, a não ser que Me conformasse, em definitivo, com a condição de artista anônimo.

Nesse caso, ninguém usufruiria de Minha obra-prima.
by
Per Johns

Anúncios

~ por rosana em 13/10/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: