A curva do rio

 

 

Desces a curva do meu corpo, amado
com o sabor da curva de outros rios
contas as veias e deixas as mãos pousarem
como asas
como vento
sobre o sopro cansado
sobre o seio desperto

Parte a canoa e rasga a rede
tens sede de outros rios
olhos de peixe que não conheço
e dedos que sentem em mim a pele arrepiada
d’outro tempo
 

 

Sou a esperança cansada da vida
que bebes devagar
no corpo que era meu
e já perdeste
andas em círculos de fogo
à volta do meu cercado
Não entres, por favor não entres
sem os óleos puros do começo
e as laranjas.

by

Paula Tavares

in Dizes-me coisas amargas como os frutos

Anúncios

~ por rosana em 08/10/2010.

2 Respostas to “A curva do rio”

  1. Teu blog é de altíssimo gosto e de maravilhosa finura.
    Eu entrei aqui por acaso quando procurava mais informações na rede a respeito do “O livro dos seres imaginários” de Borges.
    Prazer!

  2. Prezada Professora,
    entrei no seu blog procurando imagens de vagalumes, num acesso de nostalgia de estrelas, luzes pisca-piscando, coisas intermitentes e precarias.
    me deparei com essas escolhas perfeitas (para mim neste momento, pelo menos) de Borges, Valéry e suas proprias aspiraçoes, ou as que você escolheu para se apresentar.
    prazer em conhecê-la. depois vou explorar tudo que esta mais adiante – alias, nao tenho certeza de ter entendido bem o mapa do site.
    por enquanto envio-lhe uma pergunta que me surgiu hoje: na era da tecnologia vamos ver filmes belissimos feitos com recursos espetaculares, em vez de passar horas pintando o corpo de um/uma vizinho/a com formas e linhas que nossa mao é obrigada a reinterpretar e reinventar a cada vez. os seres imaginarios que brotam desse toque e desse movimento lento serao talvez puras palavras, além das formas simples que eles estampam na pele e nos olhos de quem os vê.
    quais serao as forças que eles poem em movimento?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: