Fim do mundo

 

 

 

 

 

Teus são meus olhos baços e
As elegias de meus cansaços

Atravessas minhas noites como um verso
como o vento que corre no campo
e lamenta os carvalhos

Curvam-se os sonhos
E  chaves secretas trancam minha alma para sempre.
aproxima-se a ultima estrela e
Tu te moves dentro de mim,
Imortal fantasma,
a compartilhar o buraco fundo,
onde acaba o mundo.

by

Anna Montenegro

Anúncios

~ por rosana em 20/11/2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: